Curso de psicanálise: tudo o que você precisa saber

Embora o curso superior de Psicologia contemple algumas disciplinas que são voltadas para o estudo da Psicanálise, não é necessário ter uma formação superior específica para atuar como psicanalista e, além disso, não é objetivo do curso de Psicologia formar profissionais em Psicanálise. Dessa forma, para se tornar um profissional da área psicanalítica é preciso procurar órgãos específicos e fazer um curso voltado propriamente para essa área.

Você tem interesse em conhecer a teoria Freudiana e o curso de Psicanálise? Então continue a leitura!

Cursos livres voltados para a prática da Psicanálise

Os cursos oferecidos para quem pretende ingressar no mercado de trabalho com conhecimento teórico e prático em Psicanálise se enquadram na categoria de cursos livres e são oferecidos tanto na modalidade online quanto na presencial.

Em alguns casos os cursos são vistos como especialização, mas o certo é que não se trata de uma especialidade de nenhuma formação acadêmica e devem ser encarados como cursos de formação profissional.

Além da formação teórica e da prática clínica, o estudante precisa passar pelo processo de análise individual e supervisão clínica antes de clinicar.

Reconhecimento dos cursos

Como se trata de um estudo autônomo, nenhum curso de Psicanálise é reconhecido pelo MEC. Contudo, a profissão de psicanalista é livre e reconhecida pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Quem pode fazer o curso de Psicanálise

Qualquer pessoa, independentemente da área de formação, e que esteja disposta a estudar e a entrar em contato com a abordagem psicanalítica, pode fazer o curso de formação em Psicanálise. Além disso é preciso passar pelo processo de análise didática, no qual o interessado será analisado individualmente por um psicanalista experiente; afinal, não é possível uma pessoa trabalhar os traumas dos outros sem antes ter trabalhado os próprios traumas.

A empatia com a dor e o sofrimento humano, oriundos, em grande escala, da ansiedade, das fobias e dos traumas, e a vontade de conhecer a teoria e as técnicas aplicadas na busca da solução dos problemas da psique são alguns requisitos que podem nortear a busca por um curso de Psicanálise.

Duração média de um curso de Psicanálise e instituições que oferecem o curso

Para garantir a qualidade da formação em Psicanálise é importante procurar por uma das sociedades psicanalíticas, pois a abordagem didática corresponde ao profundo conhecimento histórico, teórico e clínico da Psicanálise.

O tempo de formação corresponde, em média, a 360 horas ou dois anos, mas é possível encontrar cursos com duração maior.

É preciso que o estudante passe por um processo de análise individual de pelo menos 80 horas.

Conteúdo do curso de Psicanálise

Além do conhecimento da história e da teoria de Freud e do aprendizado da prática de análise clinica, algumas escolas aderiram à Psicanálise Integrativa — como é o caso da Sociedade Brasileira de Psicanálise Integrativa — para aumentar a eficácia da abordagem, e outras técnicas são ensinadas para serem utilizadas durante o tratamento dos pacientes, tais como: Hipnose, Programação Neurolinguística, Regressão de Memória, Cromoterapia, Acupuntura, Renascimento e Florais.

A orientação é pesquisar sempre pelo curso de Psicanálise que trará maior garantia de aprendizado e de qualidade. Conhecer toda a estrutura envolvida na oferta de um curso de Psicanálise e a instituição que o está oferecendo, bem como conversar com egressos, é uma forma de aumentar a confiança e saber se a instituição possui credibilidade.

Gostou do conteúdo e gostaria de acrescentar algo ao assunto? Deixe seu comentário!

Cursos on-line: 4 opções para mudar sua carreira

Seguir estudando, seja buscando aperfeiçoamento ou um novo caminho, é sempre uma possibilidade de crescimento e amadurecimento pessoal e profissional. Uma excelente forma de estudar, hoje em dia, é investir em cursos on-line de seu interesse.

Dentre uma gama imensa de opções, é possível encontrar excelentes cursos on-line, principalmente para psicólogos e psicanalistas, que certamente vão ampliar seu campo de trabalho e sua compreensão sobre as pessoas, e ainda dispor do melhor momento e local para assistir suas aulas.

As sugestões que separamos abaixo estão focadas em abordagens psicanalíticas integrativas para o diagnóstico e o tratamento das questões apresentadas. Eles apresentam uma nova forma de relação com as pessoas e seus problemas, além de permitir um reconhecimento profissional que vai repercutir, naturalmente, na sua remuneração.

Curso on-line de Psicanálise Integrativa

terapia integrativa se utiliza de várias técnicas de abordagem do inconsciente, além da análise dos sonhos e associação livre, conceitos de Freud, ela admite técnicas complementares, como a cromoterapia, regressão de memória, neurolinguística, hipnose, acupuntura, renascimento, florais e outras. Isso possibilita um acesso mais rápido ao inconsciente, tornando a terapia mais eficaz em menor tempo.

A Psicanálise Integrativa  visa melhorar a condição de vida do paciente e, para isso, busca combinar essas diferentes abordagens de maneira coerente, fazendo com que uma técnica auxilie a outra na busca pelo tratamento mais adequado. Não há exclusão de métodos, e sim integração de diversas técnicas.

Cursos livres com ênfase em Freud, Lacan e Jung

Para quem busca aprofundar os conhecimentos acerca dos paradigmas fundadores da psicanálise, a sugestão é se ater a um autor de cada vez. Sigmund Freud, considerado o pai da psicanálise e seus dois discípulos tão distintos entre si, Carl Jung e Jacques Lacan. Através destes estudos, os autores fundamentais da teoria psicanalítica e suas estruturas de pensamento farão parte da sua bagagem intelectual e lhe renderão muitos benefícios.

Curso on-line de Técnicas de Regressão

A técnica de regressão visa potencializar o conjunto de abordagens terapêuticas. Ao conduzir o paciente é possível acessar conteúdos traumáticos reprimidos no inconsciente e, com isso, adequar um tratamento para lidar tanto com os sintomas, quanto com as suas causas. A hipnose e a regressão são técnicas que estão ligadas mutuamente.

A hipnose auxilia o tratamento de fobias, ansiedades, controla o desencadeamento do pânico, é eficiente nos transtornos psíquicos — alimentares, sexuais ou dependência química. Ela melhora aspectos emocionais que repercutem em pacientes depressivos e, é altamente indicada para o tratamento de dores, sem a necessidade do uso de medicamentos.

4 dicas para iniciar os estudos de psicanálise

Você tem vontade de se tornar psicanalista? Existem inúmeras formas de iniciar os estudos de psicanálise, e o verdadeiro desafio está em escolher o caminho ideal para você.

Neste post vamos tratar do ensino da psicanálise na atualidade. No final, daremos 4 dicas para começar a sua carreira na psicanálise com o pé direito! Confira!

Psicologia vs. psicanálise e a formação do psicanalista

Antes de iniciar os estudos de psicanálise, é necessário compreender algumas diferenças entre a atividade do psicanalista e o exercício de outras profissões vistas como similares, como a do psicólogo.

Para começar, o psicólogo tem o seu ofício regulamentado por conselhos regionais e federais de psicologia, que estabelecem diretrizes éticas e guiam a prática da psicologia. A formação em psicologia habilita o profissional a exercer uma série de atividades, entre elas o atendimento clínico.

Por outro lado, a psicanálise não é totalmente regulamentada, apesar de a profissão ser reconhecida pelo Ministério do Trabalho.

Atualmente, no Brasil, os estudos de psicanálise ficam a cargo de instituições autônomas. Por isso, há maior flexibilidade no ensino, e cada instituição estabelece suas próprias regras.

A formação do psicanalista pode seguir diferentes caminhos, a depender da instituição e da linha de estudo escolhidas. Algumas instituições aceitam alunos com qualquer formação superior, enquanto outras só aceitam ensinar psicanálise para psicólogos e médicos.

Um consenso entre cursos e profissionais é a necessidade de análise individual e supervisão da prática clínica, além dos ensinamentos teóricos previstos.

Como iniciar os estudos de psicanálise

Agora que você já compreendeu um pouco melhor o contexto atual do ensino da psicanálise, aqui vão algumas dicas para ajudar a encontrar o melhor caminho:

1. Descubra com qual linha da psicanálise você se identifica

Antes de escolher um curso específico, procure saber se você se identifica mais com a psicanálise freudiana ou se são as ideias de Lacan ou Jung que mais combinam com os seus valores e pensamentos.

Essa decisão é fundamental para compreender quais serão os seus objetivos quando iniciar os estudos!

2. Leia os clássicos

Uma boa forma de iniciar os estudos de psicanálise é fazer uma leitura dos grandes clássicos, como os já mencionados Freud, Jung e Lacan. Assim, você conseguirá compreender os primórdios da psicanálise e quais foram os pontos que geraram cisão e conflito entre Freud e seus discípulos.

Temos dois posts bastante completos sobre livros que não podem faltar na sua estante: dicas de livros para psicanalistas e livros de psicanálise.

3. Amplie os seus horizontes

Procure blogs e sites sobre psicanálise, confronte diferentes pontos de vista, assista a filmes e séries sobre o tema, enfim amplie os seus horizontes!

Conhecer mais sobre a psicanálise, o seu exercício e as diferentes nuances que envolvem esse tipo de terapia vão enriquecer muito a sua bagagem de estudos e atuação profissional.

4. Escolha um bom curso

Existem inúmeras opções para iniciar os estudos de psicanálise, com cursos presenciais e a distância, e a melhor forma de escolher um deles é conhecendo suas propostas e a instituição que os oferece.

Busque instituições reconhecidas, que disponibilizem uma formação condizente com os seus objetivos profissionais e sua identificação teórica.

Como escolher um curso para formação em psicanálise?

Vivemos numa epidemia de casos de depressão. Temas como a ansiedade e a saúde mental nunca foram tão discutidos. Devido a esses fatores, tem crescido muito no Brasil a oferta de cursos em psicanálise.

Muitos desses cursos são baratos e acessíveis e prometem uma formação rápida do psicanalista. Mas será que é possível confiar em todos esses cursos? Como é possível escolher um curso para a formação em psicanálise?

Tentando responder a essas questões, selecionamos algumas dicas exclusivas para ajudá-lo na sua escolha. Confira!

Verifique a qualidade dos professores

Toda boa formação começa com professores qualificados. Aqueles que passaram por um rigoroso treinamento psicanalítico e têm anos de atuação na área.

Então, o primeiro requisito para ficar atento é a qualidade dos professores. Escolha os cursos com os professores mais qualificados e mais experientes. Eles serão a pedra fundamental da sua aprendizagem.

2. Escolha um curso amplo e diversificado

A psicanálise, assim como outras áreas do conhecimento humano, possui várias vertentes, formas diferentes de se encarar o mesmo trauma psicológico. Para pessoas de fora do ramo, isso pode parecer confuso. Mas essa diversidade é essencial a uma boa prática psicanalítica.

Com um curso amplo e diversificado, você tem acesso a mais ideias e mais formas de pensar. Sua visão de mundo aumenta. Além disso, você fica com melhores condições de escolher qual linha você mais se identifica dentro da psicanálise.

Então, na hora de escolher, não hesite: escolha um curso amplo e diversificado.

3. Procure um curso que tenha uma sólida formação teórica

Independente da linha que você for seguir, é essencial que o curso da sua escolha ofereça uma formação teórica sólida.

A psicanálise é complexa e exige tempo e dedicação para ser entendida. Ela só será devidamente aprendida com uma formação que exija do aluno empenho e muita leitura das obras clássicas da área.

Então, fuja de cursos que tentam encurtar a teoria ou a apresente de forma muito simplista. Complexidade, nesse caso, é um fator positivo.

4. Procure um curso que ofereça a análise pessoal

A boa prática da psicanálise começa com a análise pessoal. Todo psicanalista de qualidade, além de realizar a análise dos seus pacientes, também é analisado por outro psicanalista.

Então, um bom curso é aquele que ofereça essa análise. Que ensine não só a fazê-la, mas que procure realizá-la no aluno.

5. Procure um curso que forneça supervisão de casos clínicos

Além de uma formação teórica forte e de análise pessoal, é essencial também que o curso forneça a supervisão dos casos clínicos.

Aprender a lidar com a saúde mental e psíquica das pessoas não é brincadeira. É um aprendizado sério. Por isso, é essencial que o aluno seja supervisionado nos seus estágios clínicos.

Essa supervisão feita por uma pessoa experiente é crucial para que aluno adquira a confiança e experiência necessárias para profissão. Esse feedback é parte crucial do processo de aprendizagem.

Por que o curso de psicanálise pode ajudar profissionais de outras áreas?

É muito comum encontrar psicólogos e médicos interessados e envolvidos com a psicanálise, uma tendência que promete continuar crescendo. O que poucas pessoas sabem é que os conceitos do curso podem ajudar outras áreas também. Ficou surpreso? É isso mesmo!

Como explora conhecimentos para fazer a leitura eficiente de algumas pessoas, o curso de psicanálise também pode ajudar advogados, coachs, teólogos e vários outros profissionais. Entenda melhor como isso funciona na postagem de hoje.

A importância de ler as pessoas

Você provavelmente já ouviu que a linguagem corporal fala muito, certo? Isso significa que, se quisermos entender bem o que as pessoas estão querendo comunicar, devemos dar mais atenção a esse ponto.

Algumas pessoas afirmam que a nossa comunicação não verbal é mais eficiente e revela mais de nós mesmos do que aquilo que falamos. Ou seja, a forma como agimos e nos movimentamos revela muito sobre nossa personalidade — mas poucas pessoas sabem entender e interpretar isso.

Um psicanalista que é acostumado com essas técnicas, por exemplo, consegue perceber quando um paciente mente ou tenta omitir alguma coisa. E mais: consegue ainda ter sinais da razão por que ele está tendo esse tipo de comportamento, o que é muito importante.

Esses indícios fazem com que, com o passar do tempo, ele consiga trabalhar e estimular para que o paciente fale a verdade e seja franco sobre suas emoções. Entretanto, como você deve imaginar, isso tudo só foi possível porque ele conseguiu “ler a pessoa”, ou seja, entender o que ela disse, mesmo que não tenha verbalizado.

Com o passar do tempo, é possível identificar até mesmo personalidades mais perigosas, como os sociopatas. Como eles não costumam apresentar expressão ou nenhum sinal corporal, fica mais fácil perceber e identificar a ausência de sentimentos — o que pode ser um grande alerta. Com o método certo também é possível tratar e amenizar esses desvios de personalidade.

Os benefícios dessa prática

Para entender como um curso de psicanálise pode trazer muitas vantagens para outros profissionais, elencamos aqui alguns benefícios dessa prática. Depois que você entender cada um desses pontos, vai ficar mais fácil perceber que a necessidade de ler as pessoas é ainda mais necessária do que muitas pessoas pensam.

Perceber se a pessoa está mentindo ou não

Como falamos acima, esses conceitos fazem com que seja mais fácil perceber se uma pessoa está falando mentira ou não — um ponto muito relevante para muitas profissões.

Se você é um advogado, por exemplo, consegue entender se o seu cliente está falando a verdade e, caso não esteja, criar mecanismos para fazer com que ele fale. Essa é uma maneira de entender melhor o caso e tomar atitudes mais coerentes com o que realmente aconteceu.

E este é apenas um exemplo. Se você é um coach, também precisa entender melhor se o seu cliente está sendo franco ou não. Esse ponto é fundamental para o desenvolvimento de um trabalho sólido, pois só com verdades você consegue criar um plano que atenda o que ele realmente precisa quando o assunto é vida profissional.

Tomar uma decisão mais acertada

Decidir alguma coisa apenas com base no que a pessoa fala pode não ser o suficiente. Isso porque ela pode estar verbalizando alguma coisa, enquanto a sua linguagem corporal está comunicando algo totalmente diferente.

Se você não consegue perceber isso, é claro que vai tomar a decisão em cima dos seus conhecimentos. Ainda assim, a decisão pode ser mais acertada se você conseguir ler o contexto de forma completa, concorda?

Investir nos conhecimentos transmitidos por um curso de psicanálise é um ótimo caminho nesse caso, pois assim fica mais fácil enxergar o todo e decidir com embasamentos mais profundos.

Conhecer as emoções e motivações verdadeiras

Conforme vai desenvolvendo a técnica, você aprende a ler as pessoas — mas também a estimular para que ela fale a verdade e consiga lidar com as emoções de forma mais madura. Esse é um ponto fundamental em várias questões, podendo ajudar muito.

No caso de um teólogo que promove ensino e ajuda espiritual, por exemplo, é muito importante entender o que realmente motiva a pessoa a estar ali. E mais: você pode ensinar a pessoa a ressignificar as emoções, fazendo com que lide com cada uma delas de forma sadia e equilibrada.

Onde fazer um curso de psicanálise

Depois de conhecer todos esses benefícios, é bem natural que você esteja se perguntando onde estudar todos esses conceitos. O curso mais famoso é aplicado em Viena (Europa), que é também o berço da psicanálise. Ainda assim, contamos com boas opções aqui no Brasil, sendo que vários dos cursos são ligados à Associação Internacional de Psicanálise (IPA).

As opções mais comuns são a Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro e a Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo. Vale lembrar que esses cursos contam com um limitador: são oferecidos apenas para psicólogos ou médicos.

Se este não é o seu caso, contamos também com cursos de pós-graduação de várias faculdades renomadas no mercado nacional. Elas podem ser públicas ou privadas, mas garantem o aprendizado de muitos conhecimentos.

Para fechar, não poderíamos deixar de falar das modalidades online. Elas seguem crescendo como uma excelente alternativa para estudar de acordo com seu ritmo e sem ter que lidar com as dificuldades de deslocamento. Pesquise alternativas sérias e compromissadas e considere seguir esse caminho.

Quando escolher o curso, é bom perguntar qual é a corrente divulgada ali, pois existem vertentes diferentes dentro da psicanálise. Um exemplo é Jacques Lacan, um grande psicanalista depois de Freud, mas que rompeu com o IPA e criou seu próprio consultório. Eles são conhecidos como lacanianos, mas sem reconhecimento do IPA.

É bom escolher um instituto sério para estudar, pois a psicanálise é uma teoria complexa e que requer muita dedicação. Ainda assim, os benefícios e resultados são excelentes!

Agora que você já entende melhor como esse tipo de capacitação pode ajudá-lo — independentemente de ser um psicólogo ou médico — comece a estudar e aplique essas vantagens no trabalho ou na vida pessoal.

Vantagens de fazer um curso de psicanálise a distância

A psicanálise tem se tornado, cada vez mais, um aprendizado importante para quem quer garantir uma atuação profissional mais completa. Ainda assim, pode ser difícil se preparar e incluir essa atividade em uma rotina cada vez mais atribulada.

Se você se enquadra nessa situação, temos uma boa notícia: você pode fazer um curso de psicanálise a distância. Uma oportunidade e tanto, não é mesmo? Conheça agora algumas vantagens desse método e certifique-se de que a aprendizagem a distância pode ser um bom caminho para a formação psicanalítica.

Facilidade em conciliar estudo e trabalho

Como anteriormente mencionado, o dia a dia das pessoas encontra-se cada vez mais intrincado. Isso acaba dificultando a introdução de qualquer nova atividade na rotina, pois há poucos espaços disponíveis. Tente imaginar como pode ser árduo encaixar um curso presencial algumas noites da semana. Seria necessária uma extensa programação para que isso se concretizasse, concorda?

Um curso de psicanálise a distância traz uma grande vantagem nesse sentido: você pode conciliar a atividade educacional com a atuação profissional, sem a necessidade de realizar grandes mudanças. Dessa forma, pode-se escolher os melhores horários para estudar, sendo possível, inclusive, encaixar uma aula entre um paciente e outro ou no momento em que o consultório apresenta um fluxo menos intenso.

Oportunidade de seguir o próprio ritmo

Esse é outro grande diferencial, já que se torna possível seguir as aulas conforme seu ritmo pessoal e não de acordo com um cronograma traçado por uma instituição de ensino. Se você não entendeu alguma coisa ou gostaria de assistir uma matéria mais de uma vez, por exemplo, pode fazer isso sem nenhum tipo de constrangimento.

Não ter que lidar com deslocamento

Um torna possível que você economize seu tempo, sem a necessidade de ficar horas em função do deslocamento. Todas as atividades acontecem no conforto do seu lar e na hora que for mais adequada para você.

Acredite: muitas pessoas já desistiram de um curso por conta do desgaste com o deslocamento — um ponto que acaba sendo impeditivo ou que pode até comprometer o seu desempenho.

No caso dos cursos online, tudo se encontra disponível a um clique de distância. Em consequência disso, resta mais tempo para o convívio com a família ou até mesmo para se aprofundar nos materiais compartilhados. Convenhamos: esse é um grande diferencial, não é mesmo?

Chance de desenvolver um hobby

Inexistindo a cobrança de prazos e da aprendizagem acelerada, o estudo dos conceitos de psicanálise pode adquirir o perfil de hobby. É claro que você está aprendendo e pode incorporar esses conhecimentos à sua profissão, mas o aluno pode encontrar muito mais prazer em determinada atividade se fizer isso a sua maneira e no seu ritmo.

Excelente custo-benefício

Geralmente, um curso online é sinônimo de economia. Além das mensalidades serem mais baixas, você não precisa gastar com transporte, alimentação e materiais complementares. Isso significa que você tem acesso aos mesmos conhecimentos oportunizados por uma atividade presencial, pagando menos por isso.

Acesso a vários materiais complementares

A internet oferece uma infinidade de materiais riquíssimos e que podem ser amplamente explorados durante o curso. Muitos textos e livros podem estar disponíveis bem mais próximos de você em uma biblioteca digital.

E o melhor: você pode otimizar a leitura explorando vários dispositivos, como o notebook, o celular, o tablet e leitores digitais, como o kindle.

Agora que você já sabe que um curso de psicanálise a distância oferece inúmeros benefícios, não deixe de considerar essa hipótese. Você vai se surpreender com o resultado e se sentirá um profissional ainda mais completo depois dessa experiência.

É possível ganhar dinheiro com a psicanálise?

 psicanálise é um método terapêutico que auxilia muitas pessoas no tratamento de seus problemas psíquicos, buscando a compreensão das raízes e o tratamento de problemas tão comuns hoje em dia, como estresse, depressão, ansiedade, fobias e muitos outros.

Muitos profissionais se dedicam e estudam para ajudar as pessoas, porém, além de ter conhecimento técnico e condições de oferecer o serviço de psicoterapia, alguns encaram também o desafio de gerenciar seu próprio escritório e conseguir se manter financeiramente com a renda gerada por ele.

Se você está na dúvida se deve investir nessa carreira, leia nosso post e veja se é possível ganhar dinheiro com psicanálise, manter o consultório cheio e fazer dessa atividade uma prática bem-sucedida e lucrativa!

Foque em um serviço de qualidade

O trabalho do psicanalista pressupõe lidar o tempo todo com pessoas, portanto, o profissional deve focar em estabelecer a melhor relação possível com seus pacientes e oferecer um serviço de qualidade, de modo que as pessoas queiram continuar usando seus serviços e façam recomendações para outros.

Para isso, conheça seus pacientes a fundo e procure fazer com que o atendimento seja o mais personalizado possível. Este detalhe fará com que o paciente se sinta valorizado e cuidado. Além disso, ele vai sentir que está investindo em um tratamento que de fato está sendo eficaz para sua vida.

Divulgue seu trabalho

Se você quer atuar como profissional liberal e ter um bom rendimento com seus atendimentos, precisa entender que, além do seu trabalho com psicanálise, terá que encarar esta atividade também como um negócio. Sendo assim, estratégias de marketing serão muito bem vindas para captar paciente e parceiros.

Se você gosta de escrever, pode criar um blog, escrevendo artigos e divulgando-os nas redes sociais para fazer seu nome circular. Outras opções são participar em palestras e encontrar novas formas e ocasiões para fazer networking. Se informar mais sobre empreendedorismo também pode te ajudar a ter ideias que vão movimentar seu consultório.

Construa sua reputação

Uma relação com respeito e confiança é essencial para um trabalho produtivo e eficiente na sua prática clínica. O psicanalista deve agir sempre com ética e investir em uma constante avaliação do seu serviço para construir credibilidade.

Alie sua experiência prática com os estudos e aposte em cursos, leituras e grupos de estudos que vão expandir seus conhecimentos, te manter mais atualizado e em contato com diferentes profissionais. Este ponto não só te deixa mais preparado para atender melhor seus pacientes como também te ajuda a fortalecer o networking, que pode te render bons frutos no futuro.

A reputação que você deseja construir deve refletir seu conteúdo. Ter uma boa cultura e formação, além de ter cortesia e jogo de cintura para lidar e saber acolher diferentes pessoas em diferentes situações, vão somar para que você construa seu nome no mercado.

Fazendo um trabalho consistente e de ótima qualidade, você certamente encontrará pacientes buscando seus serviços e manterá seu consultório ativo e sua agenda cheia! Consequentemente, vai poder colocar em prática as técnicas que aprendeu e acredita, ganhar dinheiro com psicanálise e ter uma carreira bem-sucedida. Aposte nessas dicas!

Gostou das nossas dicas? Tem alguma dúvida ou sugestão para captar pacientes? Compartilhe suas ideias com a gente nos comentários!

Já pensou em ser um psicanalista???

 

O Melhor Curso de Psicanálise Totalmente à Distância e Sem Mensalidades!

 

Psicanálise Clínica
 
É um curso online totalmente interativo, monitorado permanentemente pelos professores. O curso foi desenvolvido com a melhor tecnologia de ensino a distância, utilizada por diversas universidades de vários países. Tem a duração de 1 ano com emissão de certificado clínico de Psicanalista.

Metodologia

Com a metodologia de educação a distância, o aluno estuda de acordo com sua disponibilidade de tempo a partir de qualquer lugar a sua escolha. Com isso, barreiras geográficas que por ventura existam são superadas, e custos com transporte são significantemente reduzidos. Além da capacitação e da melhoria da prática profissional que os alunos obtém, a metodologia de educação a distância promove o desenvolvimento da autonomia dos estudos.

O ITG dispõe de material didático especialmente elaborado para permitir ao participante realizar estudo independente, de acordo com suas possibilidades de tempo e espaço. O cursista da ITG conta com um serviço de tutoria, para auxiliá-lo em seus estudos.

Mercado

Há uma grande necessidade de psicanalistas para orientar as pessoas na solução de seus problemas existenciais, tais como: fobias, ansiedades, depressões, obsessões, impulsos auto e heteroagressivos, angústias e crises de toda ordem. O profissional de Psicanálise ajudará a sociedade a ficar mais humana e a vida a ter mais sentido!

CAMPO DE ATUAÇÃO

Segundo o CB0 nº 2525-50 do Ministério do Trabalho e Emprego, no final do Curso de Formação em Psicanálise você estará preparado para atuar nas seguintes áreas:

AVALIAR COMPORTAMENTOS INDIVIDUAL, GRUPAL E INSTITUCIONAL.

Triar casos, entrevistar pessoas, levantar dados pertinentes, observar pessoas e situações, escutar pessoas ativamente. Investigar pessoas, situações e problemas, escolher o instrumento de avaliação, aplicar instrumento de avaliação, sistematizar informações, elaborar diagnósticos, elaborar pareceres, laudos e perícias, responder a quesitos técnicos judiciais, devolver resultados (devolutiva).

ANALISAR, TRATAR INDIVÍDUOS, GRUPOS E INSTITUIÇÕES

Propiciar espaço para acolhimento de vivencias emocionais (setting), oferecer suporte emocional, tornar consciente e inconsciente, propiciar a criação de vínculos paciente-terapeuta, interpretar conflitos e questões, elucidar conflitos e questões, promover a integração psíquica, promover o desenvolvimento das relações interpessoais, promover desenvolvimento da percepção interna, mediar grupos, família e instituições para solução de conflitos, dar aula.

ORIENTAR INDIVÍDUOS, GRUPOS E INSTITUIÇÕES

Propor alternativas para solução de problemas, informar sobre o desenvolvimento do psiquismo humano, aconselhar pessoas, grupos e famílias, orientar grupos profissionais, orientar grupos específicos (pais, adolescentes, etc., assessorar instituições.

Você Quer Mesmo Compreender a mente das pessoas e Tornar-se um Psicanalista Altamente Capacitado?

 

ACOMPANHAR INDIVIDUOS, GRUPOS E INSTITUIÇÕES

Acompanhar impactos em intervenções, acompanhar o desenvolvimento e a evolução do caso, acompanhar o desenvolvimento de profissionais sem formação e especialização, acompanhar resultados de projetos, participar de audiências.

EDUCAR INDIVIDUOS, GRUPOS E INSTITUIÇÕES

Estudar caso em grupo, apresentarem estudos de caso, ministrar aulas, supervisionar profissionais da área e de áreas afins, realizar trabalhar para desenvolvimento de competência e habilidades profissionais, formar psicanalistas, desenvolver cursos para grupos específicos, confeccionar manual educativo, desenvolver curso para profissionais de outras áreas, propiciar recursos para o desenvolvimento de aspectos cognitivos, acompanhar resultados de curas, treinamento.

DESENOLVER PESQUISAS EXPERIMENTAIS, TEÓRICOS E CLÍNICAS

Investigar o psiquismo humano, investigar o comportamento individual, e grupal e institucional, definir o problema e objetivos, pesquisar bibliografias, definir metodologia de ação, estabelecer parâmetros de pesquisa, construir instrumentos de pesquisa, coletar dados, organizar dados, compilar dados, fazer leitura de dados, integrar produtos de estudos de caso.

COORDENAR EQUIPES DE ATIVIDADES DE ÁREAS AFINS

Planejar as atividades da equipe, programar atividades gerais, programar atividades da equipe, distribuir tarefas a equipe, trabalhar a dinâmica da equipa, monitorar atividades das equipes, preparar reuniões, coordenar reuniões, coordenar grupos de estudos, organizar eventos, avaliar propostas e projetos,avaliar e executar as ações.

PARTICIPAR DE ATIVIDADES PARA CONSENSO E DIVULGAÇÃO PROFISSIONAL

Participar de palestras, debates, entrevistas, seminários, simpósios, participar de reuniões científicas (Congressos, etc.), publicar artigos, ensaios de livros científicos, participar de comissões técnicas, participar de conselhos municipais, estaduais e federais, participar de entidades de classe, participar de evento junto aos meios de comunicação, divulgar práticas do psicanalista, fornecer subsídios às estratégias organizacionais, fornecer subsídios à formação de políticas organizacionais, buscar parcerias, ética e organizacional.

REALIZAR TAREFAS ADMINISTRATIVAS

Redigir pareceres, redigir relatórios, agendar atendimentos, receber pessoas, organizar prontuários, criar cadastros, redigir ofícios, memorandos e despachos, compor reuniões administrativas técnicas, fazer levantamento estatístico, comprar material técnico, prestar contas.

DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS

Manter sigilo, cultivar a ética,demonstrar ciência sobre o código de ética profissional, demonstrar ciência sobre a legislação pertinente, demonstrar bom senso, respeitar os limites de atuação, ser psico-analisado, ser psicoterapeutizado, demonstrar continência (Acolhedor), demonstrar interessa pela pessoa, ser humano, ouvir ativamente (saber ouvir), manter-se atualizado, contornar situações adversas, respeitar valores e crenças dos clientes, demonstrar capacidade de observação, demonstrar habilidade de questionar, amar a verdade, manter o setting, demonstrar autonomia de pensamento, demonstrar espírito crítico, respeitar os limites do cliente e tomar decisões em situações de pressão.

Custo do Curso

O aluno não paga mensalidade, apenas uma “Única” taxa de matricula, que pode ser parcelada no cartão de crédito. Também, asseguramos que após a conclusão do curso, não cobramos taxa de emissão do certificado e credencial.

Grade Curricular
1º Período
CÓDIGOS DAS DISCIPLINAS CH CRÉDITOS NOTAS
001 – Introdução a Terapia Freudiana 60 4 0,00
002 – Introdução à Psicanálise 60 4 0,00
003 – Introdução a Psicologia 60 4 0,00
004 – Psicanálise Intuitiva 60 4 0,00
005 – Psicanálise & Pesquisa 60 4 0,00
006 – Teoria da Personalidade 60 4 0,00
007 – Método Psicanalítico 60 4 0,00
008 – Metodologia de Pesquisa Científica 60 4 0,00
2º Período
CÓDIGOS DAS DISCIPLINAS CH CRÉDITOS NOTAS
009 – Teoria & Clínica Psicanalítica de Melaine Klein 60 4 0,00
010 – Teoria & Clínica Psicanalítica de Sgmund Freud 60 4 0,00
011 – Psicanálise Quântica 60 4 0,00
012 – Teoria & Clínica Psicanalítica de Donald Winnicott 60 4 0,00
013 – Psicanálise & Religião 60 4 0,00
014 – Escolas Psicanalíticas 60 4 0,00
015 – Psicanálise Junguiana 60 4 0,00
016 – Terapia Lacaiana 60 4 0,00
3º Período
CÓDIGOS DAS DISCIPLINAS CH CRÉDITOS NOTAS
017 – Psicologia do Grupo & Análise do Ego 60 4 0,00
018 – Psicanálise Existencial 60 4 0,00
019 – Saúde Mental & Dependência 60 4 0,00
020 – Interação da Psicanálise de Freud, Lacan & Jung 60 4 0,00
021 – Psicopatologia 60 4 0,00
022 – Neuroses & Psicoses 60 4 0,00
023 – Análise Didática & Clínica 60 4 0,00
024 – Aconselhamento de Idosos I 60 4 0,00
025 – Aconselhamento de Idosos II 60 4 0,00
4º Período
CÓDIGOS DAS DISCIPLINAS CH CRÉDITOS NOTAS
026 – Aconselhamento de Idosos III 60 4 0,00
027 – Fundamentos Teóricos do Aconselhmento Diretivo 60 4 0,00
028 – Cérebro & Linguagem 60 4 0,00
029 – Aconselhamento de Doentes Terminais I 60 4 0,00
030 – Aconselhamento de Doentes Terminais II 60 4 0,00
031 – Aconselhamento de Doentes Terminais III 60 4 0,00
032 – Aconselhamento de Dependentes Químicos I 60 4 0,00
033 – Aconselhamento de Dependentes Químicos II 60 4 0,00
034 – Aconselhamento de Dependentes Químicos III 60 4 0,00
035 – Toxicologia 60 4 0,00
CH Crédito Média
2100 140 0,00

Diploma Os cursos a distância do ITG são amparados pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei n° 9394/96), pelo Decreto Federal n° 2.494/98 e Decreto n° 2.208, de 17/04/97.

 

Perguntas. Sobre Psicanálise e sua formação profissional!

Concluir o curso de Psicanálise Integrativa me permite clinicar? Sim. O curso de Psicanálise Integrativa permite que você tenha um consultório e exerça livremente a profissão de Psicanalista Integrativos.

O Curso tem registro no MEC?

Nenhum curso e reconhecido pelo MEC, devido a Psicanálise não ser uma ciência.

Não. Nem tão pouco os demais cursos de formação em Psicanálise existentes no País. Inexistem, também, cursos de Psicanálise no âmbito universitário e sim Especialização Lato Sensu. Concluído, o psicanalista recebe um Certificado expedido pela Sociedade. No entanto, há sociedades que não emitem sequer uma comprovação de conclusão de curso. Nossa Escola cumpre a risca essa necessidade. Quem é o Psicanalista junto á clientela e ao Ministério do Trabalho?

É um profissional que pratica a Psicanálise em consultórios, clínicas e até hospitais, empregando metodologia exclusiva ao bom exercício da profissão, quais sejam, as técnicas e meios eficazes da psicanálise no tratamento das psiconeuroses. Para atingir plenamente seus objetivos, o psicanalista deve ser uma pessoa com sólida formação humanitária, visto que a profissão requer uma acentuada cumplicidade entre analista e seu paciente. Os psicanalistas têm sua profissão classificada na CBO (Classificação Brasileira de Ocupações) no Ministério do Trabalho – Portaria nº 397/TEM de 09/10/2002, sob o nº 2515.50, podendo exercer sua profissão em todo o Território Nacional.

Obs: existe no site do Ministério do Trabalho uma recomendação de como deveria ser a formação da Psicanálise, (recomendação não e regulamentação), Por isso cada escola tem sua formação, umas diferentes das outras. PARA QUE A FORMAÇÃO FOSSE SUPERIOR, TECNICA , BACHARELADO, PÓS GRADUAÇÃO OU QUALQUER OUTRA E NECESSARIO QUE HAJA UMA LEI FEDERAL REGULAMENTO A FORMAÇÃO DA PSICANÁLISE E ATE A PRESENTE DATA ISSO NÃO EXISTE.

PORTANTO A FORMAÇÃO E LIVRE. E CADA ESCOLA TEM UM TIPO DE FORMAÇÃO.

Por que o Curso é aberto às várias profissões?

É aberto porque nenhuma Lei especificou o contrário. Vale dizer, que desde o princípio era uma profissão aberta a quem se interessasse e que atraiu não só médicos – como Jung e Adler – mas também advogados, filósofos, literatos, educadores e teólogos, sociólogos e pedagogos. Por isso restringir a Psicanálise a essa ou àquela profissão é absolutamente contrário à ciência, ilegal e inconstitucional, pois “todos são iguais perante a Lei”.

O que regulamenta a profissão de Psicanalista?

No Brasil e no Mundo a psicanálise é exercida livremente e não é uma profissão regulamentada. Sendo assim, é uma profissão livre, reconhecida pelo Ministério do Trabalho e Emprego (CBO – código 2515.50), amparada pelo Decreto nº 2.208 de 17/04/1997, que estabelece Diretrizes e Bases da Educação Nacional e pela Constituição Federal nos artigos 5º incisos II e XIII. Repisando: pode ser exercida em todo o País.

O que faz o psicanalista?

Há uma grande necessidade de psicanalistas para orientar as pessoas na solução de seus problemas existenciais, tais como: fobias, ansiedades, depressões, obsessões, impulsos auto e heteroagressivos, angústias e crises de toda ordem. O profissional de Psicanálise ajudará a sociedade a ficar mais humana e a vida a ter mais sentido!

Quem poderá fazer o curso?

Médicos, Professores, Engenheiros, Odontólogos, Advogados, Assistentes Sociais, Pedagogos, Teólogos, Enfermeiros, Pastores, Padres, Psicólogos, Contadores, etc. Este curso é dirigido a todos os interessados em adquirir conhecimentos mais profundos em Psicanálise. Aos que querem aprender a dinâmica de seus problemas emocionais e afetivos de acordo com as teorias psicanalíticas, e aos que desejam dedicar-se à Psicanálise como Terapeutas e Clinicar.

O Curso de Psicanálise oferece titulação acadêmica?

Não. Nem tão pouco os demais cursos de formação em Psicanálise existentes no País. Inexistem, também, cursos de Psicanálise no âmbito universitário e sim Especialização Lato Sensu. Concluído, o psicanalista recebe um Certificado expedido pela Sociedade e pode atuar como psicanalista em todo país. No entanto, há sociedades que não emitem sequer uma comprovação de conclusão de curso. o ITG cumpre à risca essa necessidade. O certificado de conclusão do curso de Psicanálise é reconhecido em todo o território nacional, ou apenas para São Paulo?

O certificado é válido para que você atue como psicanalista em todo território nacional sem problemas legais.

Como deve ser feito o estágio no curso presencial e no curso à distância?

O estágio para o curso presencial pode ser feito utilizando-se nossa infra-estrutura na qual você atenderá pessoas com baixa renda em nossa clínica social. Será necessária que você tenha um supervisor para orientá-los em relação às sessões. Você decidirá de acordo com a agenda de atendimento da clínica social a disponibilidade para atendimento, os dias e a hora das suas consultas. É obrigatório que você compra no mínimo 80 horas de atendimentos supervisionados. Para o curso a distância você poderá prestar esses atendimentos em alguma instituição na sua cidade e da mesma forma solicitar supervisão para estes atendimentos. São recomendadas 80 horas de atendimento supervisionado.

Ao terminar o curso abrir um consultório e trabalhar como psicanalista?

Concluído curso de psicanálise, e conseqüentemente todas as suas exigibilidades, você terá um diploma que lhe dará o título de psicanalista permitindo que você abra um consultório e trabalhar legalmente como tal.

Regulamentação

Ante o todo exposto, concluímos, pois que a psicanálise, nos dias de hoje, é uma atividade livre e não regulamentada por lei, que pode ser exercida por qualquer cidadão que possua os conhecimentos técnicos e habilidades suficientes à sua desenvoltura. Até o presente momento, não há lei que impeça o livre exercício da psicanálise, a qual não onstitui num desdobramento, especialidade ou ramo, privativo da atividade médica ou da atividade psicológica. e por não configurar um ramo privativo da profissão de médico, ou da profissão de psicólogo, a psicanálise não está vinculada ou subordinada à atividade fiscalizadora dos conselhos regionais de medicina ou dos conselhos regionais de psicologia. Porém, mesmo inexistindo regulamentação legal da profissão, o psicanalista não está isento de reparar (indenizar) os danos decorrentes do mau exercício de sua atividade.

 

Perguntas e respostas:

a) É a psicanálise uma atividade profissional livre, que pode ser exercida por qualquer cidadão, ou consiste em profissão regulamentada?

A psicanálise é uma profissão livre, que pode ser exercida por qualquer cidadão, desde que esta possua conhecimentos técnicos ou habilitação profissional suficientes ao seu desempenho

b) .É a psicanálise uma atividade privativa de médicos ou de psicólogos, e somente por estes pode ser exercida?

Não. A psicanálise é uma atividade autônoma e independente, e não constitui desdobramento, ramo ou especialidade privativa da medicina ou da psicologia, em termos legais. pode ser exerci da por qualquer cidadão, inclusive por médicos e por psicólogos, desde que detentores dos mínimos conhecimentos por tanto.

c) Caso não seja a psicanálise uma profissão regulamentada, qual lei que a regulamenta, e sob quais condições?

Prejudicado. A psicanálise, até o presente momento, não é uma profissão regulamentada, pois inexiste lei federal que a regulamente e imponha limites ao seu exercício. Convém anotar que a continuada sistematização da matéria, bem com a criação de um maior número de associações de classe, tende a forçar a regulamentação legal da profissão, a exemplo de tantas outras.

d) Existe um Conselho Federal de Psicanálise, bem como Conselhos Regionais, a exemplo do Conselho Federal de Medicina e do Conselho Federal de Psicologia? Não, pois a atividade de psicanálise não é regulamentada por lei, logo inexistentes os órgãos incumbidos de seu controle e fiscalização. Os Conselhos Federais e Regionais, como o de Medicina ou de Psicologia, são autarquias públicas federais, órgãos da administração pública indireta da união. possuem poder de polícia e agem em nome do interesse público. sua esfera de atuação emana da vontade estatal e seus atos decorrem do poder de império que administração pública possui e impõe à toda sociedade. Os atos praticados por tais entidades são unilaterais, imperativos, e coercitivos, além de gozarem da presunção de legitimidade, tais quais os demais atos perpetrados pela administração pública.

 

Instituto Gamaliel - logo II

ITG – Instituto Teológico Gamaliel

Rua: Major João Gomes, 21- 1º Andar- Sala 02 Bairro: Centro Belo Jardim – PE CEP 55.150-050 www.institutogamaliel.com CNPJ: 11.501.786/0001-47

instgamaliel@gmail.com (081) 3726-2979 De Segunda à Sexta-Feira De 08:00 às 17:30

Curso Cuso Cuço Cuços Cussos Cusos Curso de Curso de Formação em Psicanálise Apostila de Curso de Formação em Psicanálise Aula de Curso de Formação em Psicanálise Video de Curso de Formação em Psicanálise Diploma de Curso de Formação em Psicanálise site de Curso de Formação em Psicanálise professores de Curso de Formação em Psicanálise estudantes de Curso de Formação em Psicanálise tudo sobre Curso de Formação em Psicanálise seminário de Curso de Formação em Psicanálise estudar Curso de Formação em Psicanálise quero Curso de Formação em Psicanálise trabalho de Curso de Formação em Psicanálise distancia Curso de Formação em Psicanálise pela internet Curso de Formação em Psicanálise por correspondencia Curso de Formação em Psicanálise online Curso de Formação em Psicanálise gratis gratuito Curso de Formação em Psicanálise pdf introdução a Curso de Formação em Psicanálise download pós em Curso de Formação em Psicanálise pós-graduação em Curso de Formação em Psicanálise Bacharelado profissional em Curso de Formação em Psicanálise Bacharelado online em Curso de Formação em Psicanálise especialização em Curso de Formação em Psicanálise extensão em Curso de Formação em Psicanálise dissertação de Curso de Formação em Psicanálise monografia de Curso de Formação em Psicanálise teses de Curso de Formação em Psicanálise ementa Curso de Formação em Psicanálise livros de Curso de Formação em Psicanálise o que é Curso de Formação em Psicanálise