Preciso saber psicanálise para ser um bom psicólogo?

Dia Dia Psicologia

Neste novo vídeo de nosso quadro sobre a psicologia e profissão de psicólogo, falamos um pouco sobre a ideia de que a psicanálise tem que ser estudada e usada como base para que você consiga ser um bom terapeuta. Independentemente da sua linha de terapia.

_______________________________________

Veja também nossos outros vídeos:

1 Freud é a base para todas as linhas de psicoterapia?: https://www.youtube.com/watch?v=dhGT33-B-xo

2 Há relação da terapia cognitiva com a psicologia positiva?: https://www.youtube.com/watch?v=Nmy7nMSK3iw

3 A Mágoa e o Ressentimento: https://www.youtube.com/watch?v=o_AEYTH_HuM

Acesse nosso site e blog: http://falcoericci.com.br

Siga nas redes sociais:

http://facebook.com/falcoericci

http://twitter.com/Falcoericci

https://instagram.com/falcoericci

Nosso canal busca uma melhor qualidade de vida para você! Por isso, inscreva-se em nosso canal para ficar atualizado
com todos os nossos vídeos, nos ajudar a crescer e assim mais pessoas serem ajudadas:

http://bit.ly/falcoyoutube

Temos vídeo novo toda Quinta feira com temas variados.

Aos sábados teremos vídeos respondendo as perguntas de nossos seguidores, por isso, não deixe de nos enviar uma pergunta pelos comentários, pelo facebook ou email.

Às terças, quinzenalmente, teremos um novo seguimento de vídeos entitulado de “Dia Dia Psicologia” onde falamos sobre algumas dúvidas e informações sobre a profissão de psicólogo e a psicologia.

Produção: Diego Falco

Roteiro: Diego Falco / Alcione Ricci

Direção: Diego Falco

Psicólogos:

Diego Candeloro Falco CRP 06/122081
Alcione Candeloro Ricci CRP 06/13108

FALCO E RICCI QUALIDADE DE VIDA
Cadastrada pelo número CRP 5264/J
e pelo CNPJ 22.029.976/0001­-20
_______________________

Imagens designed by Freepik.com

Obrigado e até a próxima! ,)

Psicanálise

Coreografia:Psicanálise
Coreógrafo: Rodrigo Guimarães
Bailarinos: Amanda Silva, Dayane dos Santos,Diogo Morais, Evelyn Santos, Mayara Magda e Wesley Luiz
Direção: Viviane Morais
Ano de criação: 2016
Apresentação: Iagad 2017

Psicanálise na educação inclusiva I Rinaldo Voltolini I PalavrAdentro 02

Nesse segundo episódio, Rinaldo Voltolini fala da inserção do psicanalista no campo da Educação e da atuação desse profissional na Educação Inclusiva.

Rinaldo Voltolini, psicanalista, é professor da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP). É mestre e doutor em psicologia pelo Instituto de Psicologia da USP (IPUSP), com pós-doutorado em psicogênese e psicopatologia na Universidade de Paris XIII. É um dos coordenadores do Laboratório de Estudos Psicanalíticos da Infância e da Educação (Lepsi) da USP, coeditor da revista Estilos da Clínica e coordenador do Grupo Nacional de Trabalho Psicanálise e Educação da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Psicologia (Anpepp). Autor de livros na área da Psicanálise e Educação.

Produção:

PalavrAdentro

(Andrea Tocchio, Cristina Santaella e Ivan Silva)

Psicanálise e Religião Me Eckart, S João da Cruz e a Experiência Analítica

Os chamados místicos cristãos nos trouxeram uma narrativa onde o paradoxo se mostrou o caminho possível para expressar as suas experiências – por mais que falassem, mais que escrevessem, nunca conseguiram expressar exatamente suas vivências.

Podemos afirmar que há uma correlação direta entre o inefável da “situação clínica” na perspectiva do psicanalista inglês W. Bion (em sua obra “Atenção e interpretação”) e a questão narrativa dos místicos, pois, a verdadeira experiência analítica não consegue ser contida em palavras. Este encontro pretende estabelecer um paralelo entre esse aspecto da religiosidade e da clínica psicanalítica.

Psicanalista: Alexandre Esclapes – Psicanalista, professor, escritor e diretor da Escola Paulista de Psicanálise-EPP e do Instituto Melanie Klein-IMK. Autor do Livro: A pobreza do Analista e outros trabalhos 1997-2015 e também Organizador da Coleção Transformações & Invariâncias.

Data/horário/local: 21/08/15 (14hs. às 18hs.)
Auditório da Livraria Martins Fontes Paulista – Av. Paulista, 509 (ao lado da estação Brigadeiro do Metrô – Linha Verde).

MÃE NARCISISTA – PERFIL – PSICANÁLISE

MÃE NARCISISTA “Será que eu sou filha de mãe narcisista?” Se você acha que a sua mãe é narcisista, a probabilidade de você estar certa é muito grande. ▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃ Se a sua mãe for narcisista, ela nunca ADMITIRA ter QUALQUER tipo de PROBLEMA .
Como ela sempre tem uma JUSTIFICATIVA para seu COMPORTAMENTO ABUSIVO, dificilmente procurará TRATAMENTO na TERAPIA.
Já que você não pode contar com a “sinceridade” da sua mãe, cabe a você ir atrás da verdade. ▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃ Veja abaixo os COMPORTAMENTOS de uma MÃE NARCISISTA: ▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃ 1) O HUMOR OSCILA por períodos de altos e baixos com grande frequência.
Quando pensa em sua mãe, você NÃO ASSOCIA a imagem dela a uma base emocional estável e segura. ▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃
2) Você habitualmente se sente RESPONSÁVEL por como a sua mãe sente e se vê facilmente MANIPULADAMENTE por suas CHANTAGENS EMOCIONAIS. ▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃
3) é a DONA da VERDADE.
4) A sua mãe só lhe trata bem quando quer ou precisa de algo de você. ▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃
5) Vale somente as VONTADES e os INTERESSES dela . ▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃ 6) é AMARGA, FRIA, INACESSÍVEL e DESINTERESSADA.
▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃ 7) DISSIMULADA e MENTE DESCARADAMENTE. ▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃ 8) Tende a QUESTIONAR, INVALIDAR, DESVALORIZAR e a DESCARTAR os seus TALENTOS e CONQUISTAS. ▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃ 9) Você se sente INCAPAZ e INCOMPETENTE , como se fosse uma criança inexperiente e despreparada. ▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃ 10) Os DRAMAS ela é sempre a VÍTIMA de uma grande injustiça. ▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃
11) oscila da INTENSA RAIVS, em que profere palavras ásperas para extravasar seu descontentamento e amargura.
12) Você sabe que NÃO pode contar com a sua mãe quando necessita de apoio emocional, afetivo, psicológico e financeiro.
13) NÃO EVOLUI EMOCIONAL e PSICOLOGICAMENTE com a IDADE.
14) é OBCECADA com a IMAGEM.